Não se perca ao entrar...

Aqui contém cenas explícitas de minha nudez ao avesso, para melhor visualização feche seus olhos. (Mary Backes)

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Escolha

Foto Jean-Baptiste Mondino

 Apesar do medo
escolho a ousadia
Ao confronto das algemas, prefiro
a dura liberdade.
Voo com o meu par de asas tortas,
sem o tédio da comprovação.


Opto pela loucura, com um grão
de realidade:
meu ímpeto explode o ponto,
arqueia a linha, traça contornos
para os romper.


Desculpem, mas devo dizer:
eu
quero o delírio.

Lya Luft

Um comentário:

jefhcardoso disse...

Lindo esse poema de Lya Luft.
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com