Não se perca ao entrar...

Aqui contém cenas explícitas de minha nudez ao avesso, para melhor visualização feche seus olhos. (Mary Backes)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eu me permito!


A prova de que estou recuperando a saúde mental, é que estou cada minuto mais permissiva:  
Eu me permito mais liberdade e mais experiências.
E aceito o acaso. Anseio pelo que ainda não experimentei. Maior espaço psíquico.
Estou felizmente mais doida.

(Clarice Lispector)

10 comentários:

AC disse...

Clarice, sempre a pensar em grande...

Beijo :)

Lia Araújo disse...

Lindo isso!
Beijos querida
Obrigada pelo carinho
otima semana!

Renata Fagundes disse...

quanto mais doida mais encantadora
o normal é muiiiiito chato

beijos cintilantes menina

obrigada pela presença, pelo carinho e por essa beleza enfeitando o Cítrico :D

beijos cintilantes

Enttreaspas disse...

Clarice é simplesmente encantadora! É de intensidade sem limites, que exasta só de ler, mas faz bem, sempre.

Estás convidada a conhecer meu blog em www.enttreaspas.blogspot.com, serás muito bem-vinda.

Beijos e sucesso sempre: )

Edward de Souza disse...

Olá Maria Borges!
As páginas da semana já estão arquivadas no caderno do passado. Agora há um breve intervalo, pequena pausa. E logo depois um novo tempo que se juntará à história de nossas vidas.

A construção do futuro não permite desperdícios, não perdoa quem deixa escapar oportunidades ou as joga no lixo como se fossem folhas de papel amassadas. É preciso amor, fé e determinação para alargar nossas fronteiras pessoais.

A arte do bem fazer proporciona alegria e recompensas em forma de realizações. Um breve olhar de ternura para coisas simples, e aí estão o vôo de uma borboleta o esplendor de uma flor, o mar e o céu, pode despertar para as belezas do amanhã.

Aproveite o final de semana para celebrar a vida.

Se tiver um tempinho, leia o artigo de um amigo jornalista que publiquei hoje em meu blog, com o tema: cremação ou enterro?

Beijos,

Edward de Souza

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Mariamiga

Estamos, felizmente, cada vez mais doidos: tu estás, eu também. Foto lindérrima: o nosso Pessoa disse tudo sobre a nudez; não é preciso mais.

Amiga

Chego aqui por intermédio do nosso Amigo AC do INTERIORIDADES e estou muito satisfeito por te ter encontrado. O teu blogue é muito interessante, e bem escrito. O que, para mim, que sempre ganhei a vida a produzir prosa tão honesta quanto possível, (sou jornalista e dizem que também escritor, dizem…, e aos 69 anos não me sinto velho) é motivo acrescido de satisfação. Mas sou também alegre, bem disposto, brincalhão, adoro viver assim, adoro a minha família.

Espero que me retribuas a visita e deixes comentários na Minha Travessa. E, já agora, que te tornes minha (per)seguidora. Não é pedir muito… Obrigado.

Olha, há fado na Travessa; se quiseres aparecer...

Qjs = queijinhos = beijinhos

NB – Peço-te desculpa por este comentário ser tão longo; mas tenho de referir que é um texto base, ainda que com algumas apreciações individuais e específicas. Infelizmente não sou dono do tempo, e a sê-lo seria uma chatice… Para que não haja dúvidas. Mas, é sincero.

JB disse...

Palavras para quê? Espero nunca perder a felicidade da minha loucura!:)

Beijinho

AC disse...

Passei para desejar um bom domingo.

beijo :)

ErikaH Azzevedo disse...

Minha linda, coloquei o texto lá no adoce, devidamente com encontrei aqui e lá tb coloquei o link pra este blog ok!

Qto ao post, a permissividade nos leva a longe...a bem longe.

Adoro Clarice , sou suspeitissima em comentar.

Super beijinho

Erikah

Maria Borges disse...

Oii Amores, obrigada pelos comentários...adoro todos!!

Beijinhos :)